The Nips e o “punkabilly” de Shane McGowan

nips-NME102779

Shane McGowan é muito conhecido por liderar o The Pogues e por sua acentuada tendência ao alcoolismo. Mas antes foi um punk bastante ativo no boom da cena londrina, quando montou o Nipple Erectors juntamente com a baixista Shanne “Skratch” Bradley, que mais tarde adotou o apelido de Dragonella. Completavam a primeira formação o guitarrista Roger Towndrow e o baterista Arcane Vendetta.

nips_live02Essse quarteto realizou vários shows e gravou o primeiro single com as faixas King of the bop Nervous Wreck. A primeira é um rockabilly, estilo que começava a ser resgatado por algumas bandas punks, e a segunda, mais pesada e mais caracteristicamente “punk”. Na mesma sessão eles gravaram outras duas músicas (Stavordale Road N5 So Pissed Off) que seriam lançadas apenas em 1987, em uma coletânea, quando a banda já não mais existia. Recentemente, Shane revelou que todos estavam totalmente bêbados e drogados nas sessões e que Dragonella chegou a entrar em coma alcoólico.

Pouco tempo depois do lançamento da pequena bolacha, eles mudaram (abreviaram) o nome para The Nips. O segundo compacto saiu em 78, com as faixas All the Time In The World Private Eye. A primeira é um verdadeiro clássico, uma daquelas composições de rara felicidade, original, tocada com rapidez e fluidez. A essa altura o grupo experimentava uma certa popularidade, mas a formação passou a ter mudanças constantes (em pouco mais de dois anos foram dez bateristas e quatro guitarristas!).

nips_live04Os dois discos foram produzidos e lançados pela Soho Records e Shane não ficou contente com o resultado. Queria um som mais rústico, menos produzido(!). Procurou a Chiswick, na época uma das independentes mais respeitadas e, em 79, saiu o terceiro single com Gabrielle Vengeance. Shane, mais uma vez, ficou descontente, principalmente por Gabrielle, música que chegou a tocar nas rádios e soava mais pop que os discos anteriores. Na verdade, os produtores e o restante da banda esperavam que essa música se tornasse um hit, o que não ocorreu.

Logo a Chiswick também foi descartada e o quarto e último single de estúdio saiu em 1980, pela TestPressing Records, com produção de Paul Weller, do The Jam, e as faixas Happy Song I Don’t Want Nobody to Love. No entanto, antes de haver qualquer repercussão a banda acabou.

nips7O motivo divulgado pelo próprio Shane seria a falta de emprenho das gravadoras em promover o grupo. No entanto, não muito depois, os ex-integrantes logo revelariam que o verdadeiro motivo é que todos estavam descontentes com o som do The Nips e o cima entre eles era bem ruim.

Ainda em 1980, sairia Only the End of the Begining, LP gravado ao vivo. Em 87, a Big Beat Records lançou a coletânea Bops Babes Booze and Bovver com os quatro compactos e algumas músicas de Only The end

O som do Nips confunde um pouco, pois não é exatamente um rockabilly e, por não ter guitarras distorcidas no talo, muitos não o considerariam punk. Ou seja não é nem uma coisa nem outra e é as duas ao mesmo tempo. Particularmente penso que, pela atitude, são autênticos punks.

Baixe aqui a coletânea de singles Bops, Babes, Booze and Bovver

nips_gabrielle

Curiosidades

  • Shane era um frequentador assíduo da King’s Road, ponto de encontro dos punks e mods londrinos, fato que gerou muitas brigas – a violência na região foi tema de várias reportagens do The Times, um dos mais conceituados jornais ingleses. Em 76, apareceu numa capa do Sounds, tabloide especializado em música, ilustrando uma matéria com o título “The Face of 76”.nips4
  • Antes do Nipple Erectors, Shane teve seus 15 minutos de fama por ter perdido o lóbulo de uma de suas orelhas durante um show do Clash, após ser mordido (Mike Tyson não foi o primeiro!). O fato acabou publicado pelo Sounds (veja a imagem no final do post). Na verdade, ele sangrou, mas houve um certo exagero, pois nas fotos da banda percebe-se que a avantajada orelha continuava inteira.
  • nips-bondageShane também participou da edição de um fanzine, em 77, chamado Bondage.
  • Em 84, a baixista Shanne Bradley ganharia fama como integrante do conceituado The Men They Couldn’t Hang, que, a exemplo do Pogues, mistura elementos de folk music irlandesa com rock, mas com letras e atitudes mais politizadas. Ela saiu da banda em 85 para tocar com o tresloucado experimentalista Wreckless Eric e foi substituída pelo ex-UK Subs Ricky McGuire.
  • Em maio de 2008, o Nips fez um show de reunião no 100 Club, junto com Johnny Moped, outra peça rara da cena londrina de 77.

 

nips-cannibalism

 

Sua opinião é importante

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Send Back My Stamps!

Metal History Through Fanzines

Almanake da Nemeton Kieran

... falando um pouco de tudo...

Sequela Coletiva

Blog dos sequelados para postagem de idéias e impressões a respeito de praticamente tudo

PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

A MÚSICA NOS MOVE!

The File Cabinet Of Curiosities

A Vernacular Culture Compendium (which may exceed a single file cabinet), presented by the Conglomerated League of Folklore Inquirists, Affiliate No. 67, under the Charter of the Int. Committee for Folkloric Knowledge, Enhancement, and Preservation.

Reclaiming History: An Archive of Black Hardcore and Punk

Photographs, Flyers, and Zine Clippings that Color Between the Lines of History

juveniledelinquentmusic

Hi NRG ROCK'N'ROLL!!!!!!!!!!!!!!!

Magic Pop

rock and roll media

PBPR

Paperback Punk Rock

The Coming Anarchy

Indian Anarchist Federation's Blog

Liberty and Anarchy

Anti-State, Anti-War, Pro-Market

Anarchy Action

Anarchy Action

What's So Special About Music Anyways?

Witty opinions on great music

Which Side Are You On? A History of Punk Politics

A Visual Archive of Punk-Related Socio-Political Events

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close