Crime: punk demais para ser punk

crime2

Mais uma banda nada convencional. Apesar de soar e ter todos os elementos que os caracterizavam como punk ou underground, o Crime desde o início rejeitou qualquer rótulo. Declaravam-se uma banda de rock’n’roll e nada mais além disso.

Postura que acabou por afastá-los dos primeiros punks que procuravam organizar um “movimento” na Costa Oeste dos EUA. Msmo assim, em 1978 tocaram em redutos punks, ao lado de bandas como Avengers, Dils e Negative Trend. Arrogantes – só aceitavam dividir o palco desde que fossem a banda principal -, acabaram odiados pela maioria das outras bandas de San Francisco e Los Angeles. Eram antissociais demais até para os próprios punks.

crime6O núcleo da banda era formado pelo vocalista e guitarrista Frankie Fix e o guitarrista Johnny Strike. A primeira formação tinha também o baixista Ron Ripper e o baterista Ricky Tractor. As baquetas tiveram ainda, na seqüência, Brittley Black e Hank Rank. Enquanto Joey D’Kaye foi baixista por um curto período, em 1979.

O que Crime  fazia era um rock’n’roll básico, pesado e primitivo, com algo de blues (e o que é o punk rock?). Algumas “canções” são autênticos rockabillies, com temas ofensivos, sadomasoquistas e sobre criminosos, claro.

Oficialmente, lançaram apenas três compactos de 7″. O primeiro saiu em 1976 com as músicas Hot wire my heart e You’re so rcrime flyerepulsive, com uma gravação totalmente amadora e cheia de falhas. Hoje é considerado como o primeiro vinil punk produzido de maneira independente nos EUA.

O segundo single já saiu com uma qualidade melhor, com Frustration e Murder By Guitar. Um clássico. O terceiro e último, com Gangster Funk e Maserati já mostra uma banda diferente, ainda agressiva, mas claramente buscando outros caminhos.

Em 1982, Strike deixou o Crime, que já encontrava muitas dificuldades para agendar shows. Foi o fim. Strike passou a dedicar-se à literatura e teve um livro (Ports of Hell) publicado em 2004, pela editora Headpress.

Baixe aqui Piss on your turnatable, um dos muitos piratas que pipocaram após o fim da banda, reunindo os três singles e várias músicas de um ensaio em estúdio (23 músicas)

piss_cd_150

Curiosidades

  • Costumavam apresentar-se com uniformes da polícia de San Francisco e um dos pontos altos da curta carreira (1976-1980) foi um show na penitenciária de San Quentin, em setembro de 1978, registrado em um raro vídeo independente da Targetvideo.crime4
  • Frankie Fix tentou reunir a banda no início dos anos 90, sem sucesso, devido à recusa de Strike. Em 1996, Fix morreu, muito provavelmente devido ao abuso de drogas que o deixara extremamente fraco. Afinal de contas, não existe Crime perfeito.
  • Para saber um pouco mais, leia aqui entrevista com Johnny Strike (em inglês)

Sua opinião é importante

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Send Back My Stamps!

Metal History Through Fanzines

Almanake da Nemeton Kieran

... falando um pouco de tudo...

Sequela Coletiva

Blog dos sequelados para postagem de idéias e impressões a respeito de praticamente tudo

PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

A MÚSICA NOS MOVE!

The File Cabinet Of Curiosities

A Vernacular Culture Compendium (which may exceed a single file cabinet), presented by the Conglomerated League of Folklore Inquirists, Affiliate No. 67, under the Charter of the Int. Committee for Folkloric Knowledge, Enhancement, and Preservation.

Reclaiming History: An Archive of Black Hardcore and Punk

Photographs, Flyers, and Zine Clippings that Color Between the Lines of History

juveniledelinquentmusic

Hi NRG ROCK'N'ROLL!!!!!!!!!!!!!!!

Magic Pop

rock and roll media

PBPR

Paperback Punk Rock

The Coming Anarchy

Indian Anarchist Federation's Blog

Liberty and Anarchy

Anti-State, Anti-War, Pro-Market

Anarchy Action

Anarchy Action

What's So Special About Music Anyways?

Witty opinions on great music

Which Side Are You On? A History of Punk Politics

A Visual Archive of Punk-Related Socio-Political Events

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close