Factor Zero, número 1

A primeira edição do FZ foi, na verdade, um experimento. Como a resposta foi muito positiva, senti-me incentivado a fazer algo mais “trabalhado”. Àquela altura, descobri que havia toda uma cultura “fanzineira” em outros países.

Assim, o segundo FZ foi muito superior ao primeiro em termos de conteúdo. Mas ainda tinha o problema de fontes para conseguir fotos e informações sobre as bandas internacionais. Basicamente, chegava por aqui o New Musical Express e algumas revistas, das quais, apenas a Zig Zag (inglesa) tinha algum conteúdo punk / new wave / pos-punk, que se encaixava na proposta do zine.

E havia as bandas nacionais, claro. Desta vez, fiz matérias com Fogo Cruzado, Inocentes e Lixomania. E também tentei escrever artigos politizados e reflexões sobre o “movimento”. A carga ideológica ficou mais carregada. A tosquice e os erros de português continuaram, claro, essa era a “alma do negócio”.

Foi a edição mais vendida. Me lembro de ter feito uma tiragem de 50 exemplares que se esgotou em poucos dias. Hoje, creio que se trata de um documento histórico do momento em que o punk ganhava espaço no Brasil e começavam a surgir bandas sem parar – e, infelizmente, as primeiras tretas também.

Divirtam-se com a leitura. Para fazer o download da edição toda de uma vez, use o link:

Download Factor Zero, nº 1

Ou então leia abaixo e divirta-se…

 

Sua opinião é importante

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s